Tratamento Osteopático da Hérnia do Hiato

 

 As hérnias do hiato são muito comuns na população acima dos 50 anos, considerando-se que afeta 40% das pessoas a partir dessa idade sendo mais comum nas mulheres do que nos homens.

A hérnia do hiato produz-se quando a parte superior do estômago “sobe” para o esófago através do hiato diafragmático (que é uma pequena abertura que existe no diafragma). A partir do momento em que sobe, o estômago perde a sua efectividade para a contenção do conteúdo gástrico, e podem acontecer refluxos gastro-esofágicos.

Os sintomas da hernia do hiato são diversos e aparecem quando o ácido sobe até ao esófago denominando-se RGE (refluxo gastro-esofágico), que pode provocar queimaduras, dor ou malestar no tubo digestive, arrotos, dores no peito, sangramento do estômago, dificuldade de deglutição, mas o principal sintoma de RGE (refluxo gastro-esofágico) é o ardor, que possivelmente pode ser associado à passage dos alimentos ácidos desde o estômago para a boca.

As causas podem ser muito variadas desde defeitos congenitos, até ao esforço físico e factores emocionais.

Pela grande variedade de causas que podem desencadear a hernia do hiato, que nas suas fases agudas provoca um grande malestar à pessoas que dela sofrem, é muito recomendável procurer um Osteopata de forma a encontrar a causa e resolver definitivamente esta doença